Corretor usa o humor e situações engraçadas para viralizar no Instagram

E ai pessoal, este rosto ou este nome talvez alguns de vocês já ouviram falar né? Bruno Cameschi ou mais conhecido como Corretor da Depressão, nas redes sociais e por onde passa.

Alias, ele já passou por aqui a algum tempo logo no nosso início e hoje já atingiu a marca de mais de 50.000 mil seguidores no Instagram, e somando todas suas redes sociais mais de 60.000 seguidores, somando ao Facebook e ao TikTok.

Para quem ainda não conhece o Bruno, ele foi um dos precursores do uso do Humor dentro da corretagem e no meio imobiliário, pois é, algo que quase ninguém fez ou pensou ele foi la e botou pra quebrar.
O “Depre” como a maioria dos seguidores o chamam também Rs… conta que no inicio não foi fácil pois não tinha a certeza que talvez daria certo, e que por mais de um ano não aparecia e nem falava pelo seu insta, era tipo um homem aranha do mercado imobiliário.

Com humor atualmente retrata muitas das situações que os corretores passam diariamente em atendimentos com clientes, e assim provocou um engajamento muito bom nas redes sociais, devido a quantidade de curtidas e compartilhamentos. Bruno confessa que ainda não é do tipo de fazer dancinha porém cada vez mais está botando a cara a tapa.

Em meio a todo esse humor, ele também entrega conteúdo relevante pra corretores através das redes e grupos de whatsapp, dicas e notícias atualizadas do mercado.

Criou também um movimento chamado de Orgulho de Ser Corretor, com o intuito de unir e valorizar ainda mais a classe profissional, oque deu muito certo, afinal parte da população ainda vê os corretores de imóveis com outros olhos, devido a experiências com falsos ou péssimos profissionais.

Lançou sua marca própria de produtos pra corretores do movimento #orgulhodesercorretor, como camisetas, canecas, e lembranças e o intuito é realmente fazer com que os corretores (a) levem no peito o orgulho que tem pela profissão.

Atualmente parte do lucro da venda dos produtos reverte em doação de cestas básicas a população carente “o intuito de fazer isso é ver que juntos podemos mais, e ajudar muitas pessoas, mais ainda neste momento de pandemia, e sim faço questaõ de mostrar que estou ajudando e fazendo, pois assim muitos corretores foram influenciados e passaram a fazer o mesmo trabalho atualmente, oque me da uma satisfação imensa em ver e saber que estamos indo mais longe”, afirma o Depre.

Ele que foi militar, já vendeu uniformes, morou no Paraguai, exerceu várias atividades, porém diz convicto que sua paixão é a corretagem, e busca fazer tudo que pode pela classe.
Atualmente esta começando a oferecer algumas mentorias pra corretores que querem “deslanchar” na profissão, nos conta.

Esse é um pouco da história desse corretor com amor e que nos diverte diariamente, e que de depressão não tem nada!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *